Análise Coop – Fuse (PS3)


FUSEEsta análise faz parte do Projeto Local Coop PS3 / PS4. Acompanhe os jogos clicando aqui.

De boas intenções o inferno está cheio, e infelizmente é assim com Fuse, um jogo com muito potencial desperdiçado.

Fuse

A Insomniac games é conhecida pelas séries Ratchet & Clank e Resistance, que são exemplos de como um gameplay com diversidade de mecânicas de armamento criativo podem ser muito divertidos.

Um jogo feito por essa produtora, onde cada personagem teria uma “super arma” e que os ataques se combinariam para fazer novos combos em um multiplayer de ação para 4 jogadores online ou 2 em tela dividida, parece uma ótima ideia, e quando começamos a jogar também acreditávamos no potencial, afinal o gráfico não era primoroso, mas estava longe de ser ruim.

a

Cada um de nós tem o controle de todos os personagens, então dividimos 2 para cada um, eu fiquei com a garota que atirava com uma metralhadora de buracos negros, e com o personagem que tem uma sniper de plasma. Michel ficou com a moça que atirava cristais que paralisavam e explodiam os inimigos e com o brutamontes que tinha um escudo de energia que pode ser atirado nos oponentes.

s

Agora você deve estar pensando, “Nossa mas não estão nem citando os nomes dos Personagens”, realmente, não me lembro dos nomes, e olha que sou muito bom para guardar esse tipo de informação, mas fiz a descrição genérica de cada um deles exatamente para exemplificar o quão genérico o próprio jogo é.

São personagens que tentam ser engraçados o tempo todo, as tiradas até funcionam no começo, mas deixa de ser interessante logo nas primeiras horas de jogo.

FUSE_01_jod_luther

A história é maçante, tenta trazer uma trama tecnológica em um futuro onde um novo elemento chamado Fuse seria a nova “fissão nuclear” a ser explorada, mas mesmo as reviravoltas corporativas entre os personagens e membros da sua família envolvidos com os vilões, não chamam a atenção, fazendo com que pulemos diretamente ao gameplay.

O game, como eu estava dizendo, empolga no começo, afinal a mecânica de tiro é bem construída, cada arma realmente causa um efeito único, e tem estratégias próprias , sendo que o impacto dessas armas nos inimigos são muito bem feitos.

FUSE_1

Porém a incrível repetição de ondas de soldados a serem derrotados, em todos os níveis, cansa o mais valente dos jogadores. A ideia de unir os tiros das armas para criar efeitos diferentes pode até ser boa, mas não funciona como deveria, principalmente com a tela dividida onde, infelizmente, toda a animação do impactos das armas e das unificação de tiros não podem ser bem apreciados pela restrição do gráfico na tela. Sendo assim quase não percebíamos o que realmente estava acontecendo.

O foco nas armas não se estendeu ao menu de Habilidades…a árvore de Skills e Perks é mal planejada e complicada, além de não fazer muita diferença no game. Um jogo baseado em armamento poderia ter maiores e mais eficazes customizações das armas.

fuse_04_jetpack

Para ser interessante o game poderia ter mais de uma arma especial para cada personagem, e diversificar mais as fases e inimigos, pois, exceto pelo primeiro boss, que era interessante, todos os inimigos são soldados e robôs genéricos.

A inteligência artificial dos inimigos é bem feita, mas tentar uma incursão tática stealth é praticamente impossível.

Passar por fase após fase apenas atirando nesses personagens não é suficiente para entreter, sendo que o único respiro que tivemos foram cenários onde atirávamos de elevadores e plataformas móveis, e apenas isso era o suficiente para empolgar um pouco.

fuse_raven_base_maelstrom

Bom não tenho muito mais a dizer sobre a experiência de jogar Fuse, exceto que é um jogo com mecânicas sólidas e que poderia ser ótimo, se não fosse tão repetitivo e limitado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s